EUA serão o principal destinatário do gás natural a ser produzido em Angola

10 November 2011

Moscovo, Rússia, 11 Nov – Os Estados Unidos da América serão o principal destinatário do gás natural a ser produzido pelo projecto Angola LNG, informou quinta-feira, em Moscovo, Rússia, o chefe do departamento de produção do Ministério dos Petróleos, Alcides Santos.

Citado pela agência noticiosa angolana Angop, Alcides Santos, que usava da palavra no final do fórum económico Angola-Rússia, informou que, de acordo com previsões, as exportações anuais estão estimadas em 5,2 mil milhões de toneladas.

Justificando a escolha dos Estados Unidos da América como principal destinatário do gás natural angolano, Alcides Santos disse que aquele país foi o primeiro a manifestar interesse na aquisição do gás, tendo mesmo já terminais prontos para a sua recepção, além do que o grupo norte-americano Chevron é o principal accionista do Angola LNG.

“O projecto LNG Angola, em execução há mais de dois anos numa área de dois mil hectares no município do Soyo, província do Zaire, vai produzir, através de uma única linha, 5,2 mil milhões de toneladas de gás natural”, adiantou aquele responsável.

Para a concretização do projecto, que ficará concluído em 2012, os grupos Chevron, BP, Total, ENI e Sonangol investiram 9,1 mil milhões de dólares.

Além dos Estados Unidos, estão interessados no gás natural países da Europa e Ásia, com realce para a Coreia do Sul e o Japão.

Decorrido sob o lema “Angola no século XXI: uma economia em crescimento”, o fórum económico Angola/Rússia foi aberto quinta-feira, na cidade de Moscovo, com intervenções de membros do governo angolano e quadros russos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH