Grupos chinês Sinopec e português Galp Energia juntam-se na exploração petrolífera no Brasil

13 November 2011

Lisboa, Portugal, 14 Nov – O grupo China Petroleum & Chemical Corporation (Sinopec) acordou a tomada de uma participação de 30% na subsidiária brasileira do grupo português Galp Energia, Petrogal Brasil, operação a realizar através de um aumento de capital de 4,8 mil milhões de dólares.

Para além deste aumento, que será subscrito na totalidade pela Sinopec, o grupo chinês irá efectuar um empréstimo accionista à Petrogal Brasil num montante estimado em 390 milhões de dólares, valor que será utilizado para reembolsar uma parcela de 30% dos empréstimos concedidos pela Galp Energia à Petrogal Brasil, que se situam em 1,3 mil milhões de dólares.

Em comunicado divulgado pelo regulador do mercado português, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o grupo português informa que após a conclusão da transacção, a Galp Energia deterá 70% da Petrogal Brasil e a Sinopec os restantes 30%.

O grupo português informou ainda que o aumento de capital fortalece de forma significativa a estrutura de capital da Galp Energia, enquanto assegura o financiamento integral da expansão e desenvolvimento futuro das suas actividades de “upstream” no Brasil.

A carteira de exploração e produção da Galp Energia no Brasil compreende participações em 21 projectos em sete bacias, incluindo as descobertas no pré-sal da bacia de Santos, como sejam os campos Lula, Cernambi e Iara.

O grupo Sinopec, por seu turno, é o maior grupo produtor de produtos petrolíferos e petroquímicos da China e o segundo em termos de produção de petróleo que em 2010 se cifrou em 298 milhões de barris, além da produção de 441 mil milhões de pés cúbicos de gás natural.

Em 2010, a Sinopec assumiu uma participação de 40% na Repsol Brasil, a subsidiária brasileira do grupo espanhol Repsol, através da subscrição na totalidade de um aumento de capital no montante de 7111 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH