Norte-americana EHRC Energy vai prospectar petróleo em dois blocos de São Tomé e Príncipe

15 November 2011

São Tomé, São Tomé e Príncipe 16 Nov – São Tomé e Príncipe e a empresa norte-americana EHRC Energy iniciaram negociações visando a prospecção de dois blocos de petróleo na zona exclusiva do arquipélago, disse terça-feira à macauhub em São Tomé o director da Agência Nacional de Petróleo.

Luís dos Prazeres disse ainda que, iniciadas há pouco mais de 24 horas, as negociações visam estabelecer os valores relativos à partilha da produção dos blocos 4 e 11 entregues à gestão da EHRC Energy bem como os aspectos comerciais, jurídicos e ambientais no âmbito do contrato a assinar entre as partes.

Admitindo que “as negociações deverão estar concluídas dentro de dois meses”, o director da Agência Nacional de Petróleo disse que os dois blocos foram entregues à ERHC Energy na base do direito de preferência adquirido pela empresa que investiu nos estudos sísmicos da zona à luz de um acordo assinado em Maio de 1997.

Além da ERHC Energy, que goza de direito preferencial, Luís dos Prazeres disse que a empresa britânica Equatorial Exploration também dispõe dos mesmos direitos nos blocos 2 e 5 cujo anúncio de contrato será para “breve”.

Para além de ter apoiado nas áreas jurídicas e de formação de quadros são-tomenses, a ERHC Energy esteve envolvida com os grupos norte-americanos Exxon Mobil e Chevron na realização de estudos sísmicos efectuados há mais de doze anos na zona exclusiva de São Tomé e Príncipe.

As negociações com a ERHC Energy acontecem quatro semanas depois de São Tomé e Príncipe ter encaixado dois milhões de dólares de bónus da assinatura de contrato de partilha de produção com a nigeriana Oranto Petroleum que obteve o direito de exploração do bloco 3 no âmbito do leilão de sete dos 19 blocos identificado na zona.

Além da zona económica exclusiva, São Tomé e Príncipe dispõe ainda de uma área conjunta de exploração com a Nigéria que estabelece 60% de receita para os nigerianos e 40% para a parte são-tomense na base de um tratado político assinado em Fevereiro de 2011. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH