Agências Fitch Ratings e chinesa Dagong Global Credit Rating baixaram notação de risco de Portugal

24 November 2011

Lisboa, Portugal, 25 Nov – A agência de notação financeira Fitch Ratings baixou a notação de risco de Portugal em um nível, de “BB+” para “BBB-”, tipificando a dívida pública portuguesa como “lixo” (“junk”), ou investimento especulativo, informou a agência em comunicado.

“A Fitch concluiu a sua revisão do quarto trimestre da dívida soberana de Portugal. Os grandes desequilíbrios orçamentais, o elevado endividamento em todos os sectores e as previsões macro-económicas adversas significam que o perfil de crédito soberano já não é consistente com um ‘rating’ de elevada qualidade de investimento”, adiantou a agência de classificação de risco.

A perspectiva (“outlook”) foi mantida em “negativo”, o que significa que poderá haver nova revisão em baixa da notação de risco da dívida.

Contudo, a agência decidiu retirar a classificação de risco de “revisão com implicações negativas”, onde se encontrava desde Abril de 2011, o que significa que não deverão ocorrer novas revisões no curto prazo (três meses).

A Fitch Ratings juntou-se assim à Moody’s, que a 15 de Julho colocou o “rating” de Portugal em “Ba2”, o que corresponde a um nível de “lixo”, mantendo igualmente a perspectiva “negativa”.

Ainda na quinta-feira a agência chinesa de notação financeira Dagong Global Credit Rating baixou a notação de risco da dívida portuguesa para “BB+”, o que reflecte uma qualidade de investimento “média-baixa”, com a notação a ficar sob vigilância de pendor negativo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH