Brasil quer consolidar parceria de desenvolvimento com Angola

24 November 2011

Luanda, Angola, 25 Nov – O ministro brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou quarta-feira, em Luanda, que o seu país quer continuar a ser um parceiro activo no desenvolvimento de Angola em particular e de África no geral.

Ao intervir na abertura da terceira edição da mostra “Brasil Casas Design”, o ministro disse que os laços profundos que existem entre angolanos e brasileiros é que tornam sólida a cooperação económica, comercial, científica e tecnológica entre os dois países.

De acordo com o ministro, o evento, organizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a embaixada do Brasil em Angola, pode ser visto como o primeiro resultado da decisão do governo brasileiro que definiu o mercado angolano como prioritário nas relações comerciais com a África.

Citada pela agência noticiosa angolana Angop, a embaixadora brasileira em Angola, Ana Cabral, anunciou que o Brasil deverá importar de África, em 2011, bens e serviços calculados em cerca de 15 mil milhões de dólares.

O Brasil Casa Design de Luanda conta com exposição de produtos e mostra fotográfica. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH