Linha de transporte de energia eléctrica Norte-Sul lançada em Maputo, Moçambique

24 November 2011

Maputo, Moçambique, 25 Nov – O Presidente de Moçambique lançou quinta-feira em Maputo a primeira fase do projecto de construção da linha de transporte de energia eléctrica Norte-Sul que conta com financiamento da Noruega, França e Banco Europeu de Investimentos.

O projecto, orçado em 1,8 mil milhões de dólares, é considerado a espinha dorsal de transporte de energia no país e na região, devendo ser liderado pela estatal Electricidade de Moçambique, empresa que, em princípio, será accionista majoritário.

A empreitada consistirá na construção de duas linhas de transporte, a partir da hidroeléctrica de Cahora Bassa, sendo uma de corrente alterna de 400kV e outra de corrente contínua de 500kV.

Está projectada a construção de cinco subestações ao longo do trajecto da linha (1300 quilómetros), em Cataxa, Inchope, Vilanculos, Chibuto e Moamba, com o propósito de beneficiar projectos de investimentos e as comunidades daquelas áreas.

De acordo com o calendário, os acordos de utilização do sistema serão assinados no último trimestre de 2012, enquanto o fecho financeiro deverá ocorrer em 2013, ou seja, um ano após o início das obras que devem ir até 2017, altura do início das operações comerciais.

Caso haja necessidade, passar-se-á para a segunda fase que consistirá na duplicação da capacidade instalada, o que, a concretizar-se, custará cerca de mil milhões de dólares.

A linha vai vai integrar a rede de produção, transmissão e distribuição de energia entre o centro e o sul do país, acabando com a dependência energética em relação à África do Sul, para onde é enviada a energia produzida em Cahora Bassa, antes de ser utilizada em Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH