Angola LNG está à procura de mercados alternativos ao dos Estados Unidos da América

29 November 2011

Perth, Austrália, 30 Nov – A empresa Angola LNG deverá proceder às primeiras exportações de gás natural liquefeito em meados de 2012 e pretende encontrar mercados alternativos ao norte-americano onde ocorreu uma quebra dos preços, disse segunda-feira em Perth o presidente da empresa.

“Há quatro anos o nosso projecto tinha por base as vendas nos Estados Unidos da América mas, atendendo a que ocorreu um abaixamento dos preços devido ao aumento da produção, estamos à procura de compradores alternativos”, disse António Órfão, presidente da Angola LNG, à agência financeira Reuters à margem de uma conferência realizada naquela cidade australiana.

O projecto Angola LNG, que pretende processar anualmente 5,2 milhões de toneladas de gás natural, é liderado pela norte-americana Chevron, que tem uma participação de 36,4%, e tem ainda como parceiros a estatal Sonangol, com 22,8%, e os grupos ENI, Total e BP, todos com 13,6% cada.

António Órfão disse ainda que a Angola LNG está a constituir uma nova empresa que terá por missão proceder à venda do gás natural nos mercados mais interessantes que, no entanto, não especificou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH