Zonas francas industriais e económicas especiais de Moçambique já atraíram mil milhões de dólares em investimentos

8 December 2011

Maputo, Moçambique, 9 Dez – Os investimentos aprovados para as zonas francas industriais e zonas económicas especiais em todo o país totalizam já cerca de mil milhões de dólares, afirmou no parlamento o ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia.

No decurso de uma sessão de perguntas ao governo, Aiuba Cuereneia realçou o impacto social e económico da criação das zonas francas industriais e zonas económicas especiais, tendo afirmado que afirmou que, do milhar de milhão de dólares investidos envolvendo 53 projectos, a maior parte ou 580 milhões de dólares foi aplicada nas zonas francas industriais tendo as zonas económicas especiais absorvido 357 milhões de dólares.

“Está em processo de aprovação a Zona de Estância de Turismo Integrado de Crusse e Jamali, num investimento de cerca de 900 milhões de dólares e com perspectivas de criar cerca de 3000 postos de trabalho”, salientou ainda o ministro, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

De acordo com o titular da pasta da Planificação e Desenvolvimento, dos 53 projectos aprovados 74% estão em funcionamento e 8% em execução atingindo o volume de investimento já realizado 38%, o que corresponde a pouco mais de 135 milhões de dólares.

Além disso, adiantou o ministro, estes projectos facilitaram o aparecimento de um número significativo de pequenas e médias empresas ao seu redor. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH