Sistema electrónico vai permitir controlar capturas de pescado em Moçambique

11 December 2011

Maputo, Moçambique, 12 Dez – As capturas de pescado ao longo da costa moçambicana por embarcações moçambicanas e estrangeiras vão passar a ser controladas via electrónica, a partir de um sistema a ser montado em terra, informou o director nacional da Fiscalização da Pesca.

Em declarações ao diário Notícias, de Maputo, Manuel Casteano disse que a entrada em funcionamento deste dispositivo de controlo, que entrará em funcionamento em 2012, irá contribuir para reduzir os prejuízos resultantes da sub-declaração da produção pesqueira pelos armadores.

O Notícias afirma que a sub-declaração da quantidade de pescado capturado deverá causar perdas de no mínimo 64 milhões de dólares a Moçambique, sendo 27 milhões de dólares devidos à captura de camarão e 7,6 milhões de dólares devidos a capturas acidentais.

Os restantes 30 milhões de dólares baseiam-se no pressuposto de que podem ser capturadas cerca de 20 mil toneladas de atum, anualmente, na Zona Económica Exclusiva de Moçambique sem que sejam reportadas.

Manuel Casteano garantiu que o esforço que está a ser feito neste momento visa, não só pôr cobro à sub-declaração mas também melhorar o sistema de controlo de dados.

Actualmente, para além da presença física de fiscais em embarcações dos armadores, a fiscalização pesqueira é assegurada pelo navio Kuswag 1, um barco fretado em 2008 com o apoio do governo da Noruega. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH