Dependência de Moçambique da ajuda externa está a diminuir

12 December 2011

Maputo, Moçambique, 13 Dez – A dependência de Moçambique da ajuda externa está a diminuir, disse segunda-feira no parlamento em Maputo o ministro das Finanças, Manuel Chang, citado pela imprensa moçambicana.

Ao apresentar o Orçamento de Estado para 2012, Chang disse que apenas 39,6% das despesas públicas serão cobertas por doações ou empréstimos externos sendo os restantes 60,4% assegurados por recursos internos.

No Orçamento de Estado para 2011, 44,6% das despesas eram cobertas pela ajuda externa e no orçamento de 2010 esse número era de 51,4%.

Manuel Chang adiantou que a queda previsível na ajuda externa, em termos percentuais, deve-se às preocupações dos governos dos países dadores, eles próprios sujeitos a uma pressão orçamental grande e às variações cambiais, uma vez que a valorização do metical nos últimos dois anos significa que a ajuda externa seja revista em baixa quando expressa na moeda moçambicana, mesmo que tenha aumentado em dólares ou em euros.

O orçamento para 2012 contempla despesas no montante de 162,5 mil milhões de meticais (6,02 mil milhões de dólares) e receitas no valor de 95,5 mil milhões de meticais, gerando um défice orçamental de 67 mil milhões de meticais, a ser coberto por doações e empréstimos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH