Navios de pesca do Japão já estão a ser inspeccionados em Moçambique

13 December 2011

Maputo, Moçambique, 14 Dez – Nove dos 20 navios japoneses que se dedicam à pesca de atum na costa moçambicana foram inspeccionadas até segunda-feira no porto do Maputo, como condição prévia para obterem o licenciamento, informou o matutino Notícias, de Maputo.

A medida, que constitui a primeira experiência entre países africanos que licenciam embarcações para aquele tipo de pescado, teve o seu início no passado dia 7 e deverá prolongar-se até 20 de Dezembro.

Dados da Direcção Nacional de Fiscalização de Pesca refere que Moçambique terá importantes ganhos económicos com a inspecção, uma vez que uma licença de pesca custa 32 mil dólares para embarcações que usam palangre e 35 mil dólares para rede de cerco.

Para além de ganhos com as taxas, as entradas no porto podem gerar outros ganhos colaterais com o fornecimento de serviços, nomeadamente de combustível.

Além dos navios com pavilhão japonês, um terço dos navios autorizados a pescas nas águas de Moçambique ao abrigo do acordo entre Moçambique e a União Europeia vão igualmente ser inspeccionados em portos moçambicanos antes de se envolver em actividades de pesca no ano de 2012.

Estas inspecções são a materialização de alguma das linhas definidas no Plano-Director das Pescas 2010-2019, que visa aumentar a contribuição económica das actividades de pesca. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH