Avião Legacy 650 da Empresa Brasileira de Aeronáutica foi certificado na China

14 December 2011

Pequim, China, 15 Dez – O avião a jacto Legacy 650, da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), foi certificado pela Administração da Aviação Civil da China (CAAC, na sigla em inglês), possibilitando a sua operação no país, informou a empresa brasileiro.

Em comunicado, a Embraer informou ainda que o Legacy 650 foi já certificado por outras autoridades aeronáuticas, incluindo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), do Brasil, a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) e a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos da América.

Referindo-se à certificação do avião pelas autoridades chinesas, o presidente da Embraer China, Guan Dongyuan, disse que o jacto executivo “é a perfeita integração de excelente desempenho, tecnologia avançada e luxo inteligente, tornando-se muito adequado para o ambiente de negócios da China.”

Em 2011, a Embraer recebeu diversas encomendas de clientes chineses para o Legacy 650, incluindo 13 ordens da Minsheng Financial Leasing Co., Ltd., e uma do artista de cinema Jackie Chan, apontado recentemente como embaixador da marca Embraer e que em breve se juntará à família de utilizadores do Legacy 650.

Impulsionado por motores Rolls-Royce, o Legacy 650 tem um alcance de 7 223 quilómetros , podendo voar, sem escalas, de Pequim (China) para Dubai (Emirados Árabes Unidos) ou de Hong Kong (China) para Adelaide (Austrália), com quatro passageiros a bordo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH