Empresas portuguesas vão produzir partes para avião militar KC-390 da Empresa Brasileira de Aeronáutica

14 December 2011

Lisboa, Portugal, 15 Dez – A Empresa Brasileira de Aeronáutica assina hoje, quinta-feira, com as empresas portuguesas OGMA e Empresa de Engenharia Aeronáutica (EEA) um contrato de parceria para o denominado Programa KC-390, informou quarta-feira em Lisboa o Ministério da Economia.

Ao abrigo do acordo, adiantou o comunicado, Portugal desenvolverá, sob a coordenação da Empresa de Engenharia Aeronáutica e através do Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel (CEIIA), o projecto de engenharia de três segmentos do avião de transporte militar a ser construído pela Embraer.

“Os segmentos projectados, desenhados e testados em Portugal serão depois fabricados em Portugal pela OGMA (sigla da empresa Oficinas Gerais de Material Aeronáutico, designação alterada em 1994 para Indústria Aeronáutica de Portugal), que também produzirá a fuselagem central da aeronave”, ainda de acordo com o ministério.

O Embraer KC-390 é um projecto de aeronave para transporte táctico/logístico e reabastecimento em voo que estabelece um novo padrão para o transporte militar médio, tendo sido desenvolvido para responder aos requisitos operacionais da Força Aérea Brasileira. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH