Sector eléctrico de Angola vai absorver investimentos de 16,5 mil milhões de dólares até 2016

18 December 2011

Ndalatando, Angola, 19 Dez – O sector eléctrico de Angola vai absorver investimentos de 16,5 mil milhões de dólares até 2016 nos segmentos de produção, transporte e distribuição de energia eléctrica, de acordo com um estudo sábado apresentado pelo ministro da Energia e Águas na barragem de Cambambe.

O ministro João Baptista Borges disse que os avultados investimentos no sector eléctrico destinam-se a dar resposta à crescente procura de electricidade, que regista um crescimento anual estimado em 12% e aos desafios ligados à industrialização e ao aparecimento de novos aglomerados habitacionais.

Do montante global do investimento, o ministro, citado pela agência noticiosa angolana Angop, disse que o sistema norte do país, que compreende as províncias do Cuanza Norte, Luanda, Bengo, Malanje Uíge, Cuanza Sul e Zaire vai absorver mais de 12 mil milhões de dólares.

Segundo o ministro, o programa, que vai até 2016, consiste na reparação dos sistemas e expansão para que a capacidade instalada possa atingir 5 mil megawatts a fim de garantir o fornecimento de energia fiável e regular a todo o país.

O aproveitamento hidroeléctrico de Cambambe, no Cuanza Norte, construído em 1958, começou a ser recuperado e alargado em 2010, com a ampliação da subestação, reparação integral dos quatro grupo geradores de 45 megawatts cada, a substituição dos transformadores elevadores de tensão e dos equipamentos antigos da sala de comando.

A expansão do complexo hidroeléctrico compreende a construção de uma nova central eléctrica e a elevação da barragem de 102 metros para 130 metros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH