Empresa Futuragene, da brasileira Suzano, abre laboratório em Xangai

26 December 2011

São Paulo, Brasil, 27 Dez – A britânica Futuragene, braço de biotecnologia da brasileira Suzano Papel e Celulose,estabeleceu-se em Xangai, na China, em Dezembro com o objectivo de investir num laboratório de pesquisas para melhorar  espécies florestais dando assim resposta à procura cada vez maior de fibras e fontes de energia renovável.
A Futuragene, empresa de origem inglesa, foi adquirida pela Suzano em Julho de 2010, e está vocacionada para pesquisas ligadas à produtividade de plantações florestais para bioenergia e biocombustíveis.
No Brasil, o investimento é principalmente em eucalipto. Na China, visa o melhoramento da poplar, uma espécie local usada para fornecimento de energia para fornos de ferro gusa.
“É o início de um negócio inovador que faz parte de nossa estratégia de crescimento no sector florestal”, disse o presidente da Suzano, Antônio Maciel ao Brasil Econômico.
Este ano, a Suzano investiu US$ 20 milhões na Futuragene, além dos US$ 100 milhões, em 2010, para a compra.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH