Industriais de Angola apoiam nova política cambial para empresas petrolíferas

3 January 2012

Luanda, Angola, 4 Jan – O presidente da Associação dos Industriais de Angola (AIA), José Severino, disse que a obrigatoriedade de as empresas petrolíferas a operar em Angola passarem a satisfazer os seus compromissos em moeda angolana “vai ter repercussões positivas na economia real.”

“Os movimentos financeiros vão ser feitos em kwanzas, quando num passado recente eram feitos em dólares”, disse o responsável da AIA, destacando que a medida recentemente aprovada no parlamento angolano começa a dar alguma sustentabilidade à moeda nacional, além de reduzir a circulação do dólar no mercado angolano.

A medida vai permitir maior disponibilidade nos bancos comerciais, em moeda nacional, para financiar a economia, o “que leva a que as taxas de juros praticadas tenham tendência a descer”, disse ainda José Severino, em declarações ao estatal Jornal de Angola.

“Os bancos devem promover o crescimento económico pois é assim que se cria emprego e se melhora a distribuição da riqueza nacional”, sublinhou o responsável da Associação dos Industriais de Angola, advertindo que “precisamos de uma banca mais virada para o desenvolvimento sustentável” e não apenas para suporte às operações de importação. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH