Produção de gás natural vai este ano aumentar em Moçambique

9 January 2012

Maputo, Moçambique, 10 Jan – A produção de gás natural em Pande e Temane vai passar de 120 milhões para 149 milhões de gigajoules (GJ) por ano a partir deste ano ao abrigo de um programa de expansão do projecto, afirmou o vice-ministro dos Recursos Minerais, Abdul Razak Noormahomed.

Citado pelo matutino Notícias, de Maputo, o vice-ministro adiantou que com o aumento da disponibilidade de gás natural o país estará em condições de pôr em prática alguns projectos desenhados pelo governo, como o da construção de uma central térmica em Ressano Garcia, com capacidade para gerar 140 megawatts (MW) de energia eléctrica, ou a canalização de gás para consumo doméstico nas cidades do Maputo e da Matola, bem como na vila de Marracuene.

De acordo com as previsões constantes do Plano Económico e Social para 2012, o volume da produção de energia eléctrica será na ordem dos 15 500 gigawatts por hora (GWh), o que deverá contribuir para o desempenho positivo da componente energia térmica, que se espera venha a ser conseguido com o contributo do gás natural da província de Inhambane.

A expansão da produção de gás em Temane e Pande permitirá que haja um maior volume de gás para o mercado nacional e um aumento dos impostos actualmente cobrados pelo governo moçambicano sobre a produção, situados em 5% do volume de vendas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH