OCDE e banco central português prevêem que recessão em Portugal vai agravar-se

12 January 2012

Paris, França, 13 Jan – O indicador avançado da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE) para Portugal registou uma queda em Novembro, sendo o décimo mês consecutivo de queda daquele indicador, informou a instituição em comunicado divulgado quinta-feira.

A queda do indicador da OCDE em Novembro significa que a economia portuguesa deverá continuar numa trajectória descendente nos próximos meses.

Por seu turno, o Banco de Portugal divulgou, no seu Boletim Económico de Inverno, uma previsão mais pessimista do que a do governo para este ano, antecipando mais austeridade, maior recessão e menos emprego.

O documento, onde são actualizadas as previsões para a economia portuguesa para este ano e para 2013, aponta para uma recessão de 3,1%, 0,1 pontos percentuais acima da projecção da “troika” e do governo (3%) e igual à estimativa do governo para este ano num documento interno do Ministério das Finanças.

Relativamente a 2013, o Banco de Portugal prevê que a economia portuguesa tenha algum crescimento, embora marginal, da ordem de 0,3%. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH