Empresa nipo-moçambicana vai processar madeira em Moçambique

18 January 2012

Maputo, Moçambique, 19 Jan – Uma fábrica de processamento de madeira para exportação deverá ser montada nas proximidades do porto de Maputo, por uma empresa nipo-moçambicana denominada Sojitz Maputo Celulose Limitada (Somacel), informou a embaixada do Japão em Moçambique.

De acordo com um comunicado da embaixada, o empreendimento está avaliado em cerca de 10 milhões de dólares, destinando-se à produção de lascas secas de madeira, componentes usadas na produção de papel.

Para o efeito, a Somacel deverá adquirir madeira em bruto no mercado doméstico e na província sul-africana de Mpumalanga e fazer aproveitamento das plantações de eucaliptos existentes na Suazilândia para a produção de lascas de madeira.

A concretizar-se o projecto, este será o primeiro do género em Moçambique e em África, em geral, pode ainda ler-se no comunicado da embaixada.

Este novo empreendimento terá capacidade anual de produção de cerca de 200 mil toneladas daquele produto para fabrico de papel no Japão. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH