Brasileira Embraer está a estudar a construção de um avião com 130 lugares

6 February 2012

São José dos Campos, Brasil, 7 Fev – A Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) está a analisar a possível construção de um avião a jacto um pouco maior do que os que fabrica actualmente, afirmou sexta-feira o vice-presidente executivo da empresa, Paulo César Souza e Silva.

Citado pela imprensa brasileira, Paulo Souza e Silva disse que a Embraer decidirá até ao final do ano se irá construir um avião a jacto com 130 assentos, sendo que o maior avião comercial produzido pela empresa pode ser configurado para até 130 assentos.

“Estamos a conversar com cerca de 60 companhias aéreas e até ao final do ano o conselho de administração irá decidir sobre o assunto”, disse o vice-presidente executivo da empresa, que tem a seu cargo o pelouro da aviação comercial.

Paulo Souza e Silva disse ainda que o que é bem claro para a administração da empresa é que a Embraer não entrará no mercado da Boeing e da Airbus de construção de aviões a jacto com mais de 130 lugares.

As declarações do vice-presidente da Embraer foram proferidas em São José dos Campos, na sede da empresa, no decurso de uma cerimónia para a entrega de um avião Legacy 650 ao actor de cinema Jackie Chan, o recém-nomeado embaixador da empresa para o mercado da China. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH