Subsidiária do grupo italiano ENI descobriu mais gás natural em Moçambique

14 February 2012

Maputo, Moçambique, 15 Fev – A ENI East Africa anunciou uma nova descoberta de gás natural na bacia do Rovuma, em Moçambique, com reservas potenciais de 7,5 biliões de pés cúbicos, informou o Instituto Nacional de Petróleos de Moçambique em comunicado divulgado em Maputo.

A nova descoberta resultou de um furo efectuado na área 4 da bacia do Rovuma, o que eleva para 30 biliões de pés cúbicos as reservas potenciais de gás natural já encontradas naquela área.

Citado pelo matutino Notícias, de Maputo, o comunicado acrescenta que nesta última descoberta foram encontrados 186 metros de areia saturada de gás natural e adianta que teste realizados no furo determinaram a sua elevada produtividade, de cerca de 1 milhão de metros cúbicos por dia.

As actividades de pesquisa na área 4 prosseguem, estando neste ano prevista a abertura de cinco furos em prospectos e estruturas pré-identificadas para avaliar o potencial do Complexo Mamba.

Paralelamente, decorrem estudos de viabilidade de projectos combinados em grande escala de fornecimento de gás natural ao mercado nacional, regional e internacional (projectos de gás natural liquefeito, produção de combustíveis líquidos, fertilizantes e outros projectos industriais).

São concessionários da área 4 da bacia do Rovuma, cujo contrato de pesquisa e produção foi assinado em 2006, a ENI East Africa (operador), com uma participação de 70%, a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (10%) e a GALP Energia de Portugal e a Kogas da Coreia do Sul, ambas com 10% cada. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH