Governo de Moçambique pretende construir linha de transmissão de energia Centro-Norte

16 February 2012

Maputo, Moçambique, 17 Fev – O governo de Moçambique pretende construir uma nova linha de transmissão de energia eléctrica ligando as regiões centro e norte do país, disse o director nacional de Energia, Pascoal Bacela, ao matutino Notícias, de Maputo.

De acordo com Bacela, a nova linha poderá seguir o trajecto Caia (na província de Sofala)-Nampula-Nacala (província de Nampula), sendo a outra alternativa o percurso Tete-Nampula-Nacala, encontrando-se o projecto na fase de estudo de viabilidade.

O projecto de ligação Centro-Norte, ainda de acordo com o director nacional de Energia, surge também como alternativa a um outro que entretanto não avançou e que previa a interligação Moçambique-Malawi, o que além de garantir o fornecimento de energia ao norte de Moçambique iria ligar o Malawi à rede de energia eléctrica da África Austral.

O projecto de interligação Moçambique-Malawi previa a construção, em Moçambique, de uma linha de transmissão de 135 quilómetros e a expansão de uma subestação e de 75 quilómetros de linha de transmissão e uma nova subestação no Malawi.

“A nossa felicidade como país é podermos contar com elevado potencial hidroeléctrico e recursos como o carvão e hidrocarbonetos e o gás natural, que nos permitem também a produção de energia, para além das energias renováveis. Isto oferece ao país as melhores condições para a existência de um sector de energia que pode responder de forma segura, eficaz e duradoura às exigências do desenvolvimento económico e social”, afirmou.

O governo de Moçambique lançou recentemente o projecto de transporte de energia eléctrica Cesul (Centro-Sul) que, com um custo estimado em 1,8 mil milhões de dólares, irá constituir a “espinha dorsal” da Rede Eléctrica Nacional de Transporte de Energia Eléctrica em Alta Tensão. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH