Porto de Maputo, Moçambique, vai ter gasoduto para a recepção de gás doméstico

19 February 2012

Maputo, Moçambique, 20 Fev – A construção de um gasoduto para a recepção de gás doméstico a partir do porto de Maputo deverá ficar concluído até Abril próximo, disse Manuel Braga, director-geral da Importadora Moçambicana de Combustíveis (Imopetro).

Em declarações ao diário Notícias, de Maputo, Manuel Braga adiantou que com a construção do gasoduto Moçambique poderá receber, em caso de necessidade, navios transportando gás doméstico, deixando de estar dependente das importações feitas via terrestre a partir da África do Sul.

O director-geral da Imopetro escusou-se a divulgar qual o investimento realizado tendo o Notícias informado que, além do gasoduto, com cerca de dois quilómetros, foram desenvolvidos pela empresa esforços visando o aumento da capacidade de armazenagem de gás em mais de seis mil metros cúbicos.

Actualmente o gás é importado com recurso a transporte rodoviário, o que acaba por ter reflexos no preço final praticado ao consumidor.

Moçambique é um dos principais produtores de gás na região austral de África mas, devido ao facto de não dispor de uma refinaria, continua a depender das importações do gás de petróleo liquefeito (GPL), um subproduto do petróleo em rama. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH