Moçambique vai contrair empréstimo de 300 milhões de dólares junto do Banco ExIm da China

29 February 2012

O governo de Moçambique vai contrair um empréstimo de 300 milhões de dólares junto do Banco de Exportações e Importações (ExIm) da China para financiar a construção da Circular de Maputo, anunciou terça-feira em Maputo o porta-voz do Conselho de Ministros.

Depois de dizer que o Conselho de Ministros aprovou a assinatura do contrato com aquele banco chinês, o porta-voz Henrique Banze disse que a Circular de Maputo inclui a estrada que liga a cidade de Maputo ao bairro da Costa do Sol e que dá acesso ao distrito de Marracuene.

Salientando que a cidade capital debate-se actualmente com um grande congestionamento de tráfego, o porta-voz disse ainda que “por isso mesmo a Circular foi projectada para dar acesso à Estrada Nacional 1, pretendendo-se com a sua construção evitar que todas as viaturas tenham de passar pelo meio da cidade”.

Henrique Banze adiantou que após a assinatura do contrato de empréstimo seguir-se-á a fase de mobilização do equipamento para iniciar as obras que “esperamos que se possam iniciar ainda neste semestre”.

Fundado em 1994, o Banco Exim da China é uma instituição financeira estatal que ter por missão principal facilitar a exportação de produtos chineses e apoiar as empresas chinesas a realizar projectos no estrangeiro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH