Grupos empresariais da China e da Rússia interessados na empresa portuguesa Estaleiros Navais de Viana do Castelo

19 March 2012

Grupos empresariais da China e da Rússia estão interessados no processo de reprivatização da empresa Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), que o governo português irá colocar à venda dentro de 45 dias, de acordo com a imprensa portuguesa.

Uma fonte do Ministério da Defesa disse à agência noticiosa portuguesa Lusa haver seis grupos potencialmente interessados na compra da ENVC que incluem investidores portugueses além dos grupos chineses e russos ligados à indústria naval.

“Haverá agora um período de cerca de mês e meio para o Ministério das Finanças preparar o caderno de encargos desta reprivatização, sendo estimado que dois meses mais tarde haja uma decisão sobre o vencedor do concurso”, disse ainda a fonte.

O governo português pretende ter o processo de venda da empresa que foi nacionalizada há 37 anos a pedido dos trabalhadores e da própria administração concluído num prazo de quatro meses.

A empresa Estaleiros Navais de Viana do Castelo apresenta actualmente um passivo de 270 milhões de euros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH