Zona Económica Especial Luanda/Bengo, em Angola, poderá vir a ter instituto de formação

19 March 2012

Um instituto especializado para dar formação prática a jovens recém-formados poderá ser aberto na Zona Económica Especial Luanda/Bengo, afirmou segunda-feira em Luanda o presidente daquela ZEE, António Lemos.

“É necessário que os jovens provenientes de escolas médias, como o Instituto Médio Industrial de Luanda, tenham uma forma de exercer na prática o que aprenderam na teoria”, disse.

António Lemos adiantou que, com a abertura do instituto especializado, os jovens que procurarem emprego na ZEE poderão, durante seis meses, fazer um estágio que permitirá a sua especialização na área em que se formaram.

A Zona Económica Especial Luanda/Bengo está localizada no quilómetro 30 em Viana, e pretende vir a ter instaladas 73 unidades fabris, oito das quais foram inauguradas a 27 de Maio de 2011.

Das unidades previstas, destacam-se as fábricas de montagem de automóveis, de materiais de construção civil, de plásticos, de pivôs de irrigação agrícola e de cabos de fibra óptica.

Com uma área de 8 500 hectares, a zona económica estende-se pelos municípios de Viana, Cacuaco e Icolo e Bengo na província de Luanda, e Dande, Ambriz e Nambuangongo na província do Bengo, visa incentivar o desenvolvimento da região e está voltada para o mercado interno e comércio franco. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH