Estaleiro naval está a ser construído em Porto Amboim, Angola

2 April 2012

Um estaleiro naval de grandes dimensões destinado a apoiar as empresas petrolíferas que operam no mar angolano está actualmente em construção no município de Porto Amboim, província do Cuanza Sul, de acordo com o diário estatal Jornal de Angola.

Denominado Porto Amboim Estaleiros Navais (Paenal) começou a ser erguido em 2007 por uma empresa subsidiária do grupo estatal Sonangol, com uma participação de 40%, tendo como associadas estrangeiras a SBW Shipyard, de Singapura, e a sua congénere da Coreia do Sul Daewoo Shipyards, ambas com 30% cada.

O empreendimento ocupa uma área de 23 hectares e é um dos mais modernos do continente africano, possuindo, entre os seus equipamentos, uma grua capaz de suspender carga até 2 500 toneladas, também ela considerada a maior de África, de acordo com o director-geral adjunto do Paenal.

José Lopes disse que a empresa vai dedicar-se fundamentalmente à construção de módulos para barcaças que operam em vários blocos do mar angolano e efectuar trabalhos de metalo-mecânica, construção de bóias, reparação naval, fabrico e montagem de equipamentos para diversos fins, especialmente para a indústria petrolífera.

O director adjunto do Paenal considerou que, apesar de existirem outros estaleiros em Angola, como o da Sonamet no Lobito e o da Petromar no Soyo, a vantagem do empreendimento do Cuanza Sul reside nas dimensões do cais, que possui 500 metros de comprimento e 10 de profundidade, conferindo-lhe a possibilidade de trabalhar em navios de maior porte.

O cais terá um quebra-mar para resguardar os barcos que meçam entre 300 a 400 metros de comprimento e uma largura de 40 metros, estando a conclusão da obra prevista para Junho próximo.

Por outro lado, a Porto Amboim Estaleiros Navais está a construir para a Sonangol Logística o Terminal Oceânico de Porto Amboim (TOPA), para o abastecimento de combustíveis. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH