Grupo chinês JAC Motors pretende levar para o Brasil fornecedores de peças

10 April 2012

O grupo chinês JAC Motors pretende levar para o Brasil as empresas que na China já fornecem peças para o fabrico dos automóveis que produz, a fim de cumprir as normas do novo regime automóvel publicado na passada semana no jornal oficial brasileiro, disse o presidente da JAC Motors Brasil.

À margem do III Fórum da Indústria Automobilística, Sérgio Habib adiantou que a empresa irá conseguir cumprir o novo regime automóvel aprovado pelo governo brasileiro e não ser penalizada em sede de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), uma vez que se “seria impossível obter uma incorporação nacional de 65% em apenas 12 meses é fácil consegui-lo com o novo prazo, que é agora de 3 anos”.

A fábrica do grupo chinês será construída no pólo industrial de Camaçari, na Bahia, e a laboração deverá iniciar-se em 2014, dispondo de uma capacidade para produzir 100 mil veículos por ano, depois de um investimento estimado em 900 milhões de reais (492 milhões de dólares).

Além da ideia de levar os actuais fornecedores chineses de peças para o Brasil, a JAC Motors Brasil pretende igualmente aproveitar as oportunidades existentes naquele pólo industrial onde já existe uma importante estrutura industrial relacionada com a produção automóvel que abastece de peças a fábrica da Ford ali existente.

A Jianghuai Automobile Co Ltd (JAC Motors) é uma empresa estatal chinesa com sede em Hefei, província de Anhui, que produz automóveis ligeiros e veículos comerciais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH