Governo de Moçambique aprovou novos salários mínimos

17 April 2012

O governo de Moçambique aprovou os novos salários mínimos a vigorarem no país com efeitos retroactivos a 1 de Abril, o mais elevado dos quais, de 5 320 meticais (190 dólares), deve ser aplicado aos trabalhadores do sector financeiro, informou em Maputo o porta-voz do governo.

O salário mínimo mais elevado beneficiou de um aumento de 16% enquanto o mais baixo, que diz respeito aos sectores da agricultura, pecuária, caça e silvicultura, foi estabelecido em 2 300 meticais (82 dólares), tendo sido reunidos num único os dois anteriores salários mínimos de 2 005 e 2 075 meticais que vigoravam neste sector.

Citado pela agência noticiosa moçambicana AIM, o vice-ministro da Justiça e porta-voz do Governo, Alberto Nkutumula, disse ainda que ao sector da Administração Pública, Defesa e Segurança coube um aumento de 6% mas acrescentou que, devido à sua natureza, será aprovada dentro de dias uma tabela específica.

O sector da indústria de extracção de minerais passa a ter dois salários mínimos, sendo que a indústria propriamente dita beneficiou de um aumento de 22%, o mais elevado no conjunto de todas os sectores de actividade, passando o vencimento básico para 3 526 meticais, enquanto que o subsector das pedreiras e areeiros fixou-se em 3295 meticais, com um aumento de 14%.

A indústria transformadora passa a ter dois valores de referência, sendo 3585 meticais (aumento de 15,65%) aplicável à indústria e 3 021 meticais (6%) ao subsector da panificação. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH