Ministério da Agricultura e Pescas de Angola tem estado a recuperar embarcações abandonadas

19 April 2012

O Ministério da Agricultura e Pescas de Angola tem estado a executar desde o final de 2011 um programa de recuperação das embarcações que se encontram abandonadas ao longo da costa das províncias de Luanda e do Bengo, informou quarta-feira, em Luanda, o director do Instituto de Pesca Artesanal.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, Nkosi Luyeye adiantou tratar-se de um projecto-piloto que visa averiguar se faz mais sentido investir na recuperação das embarcações existentes ou na aquisição de novas.

Referiu que o pagamento de recuperação dos barcos está a cargo do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento da Pesca (Fadepa) e que depois de recuperadas as embarcações serão comercializadas a outros e não aos que as abandonaram.

As primeiras 25 embarcações, de um lote de 100, foram distribuídas pela primeira vez em Angola aos pescadores, em 2007, 32 anos depois de independência nacional.

O programa de entrega destes primeiros barcos no país iniciou-se em 2006 e conheceu o seu ponto mais alto em 2007, com a distribuição de quatrocentas canoas não motorizadas, 300 motores fora de bordo, igual número de motores interiores e 100 embarcações, bem como de várias toneladas de equipamentos e artes de pesca. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH