Programa para aumentar a produção e a produtividade agrícolas em Moçambique vai ter financiamento

22 April 2012

Um programa destinado a melhorar os níveis de produção e de produtividade agrícolas nas províncias de Manica, Sofala e Tete vai beneficiar de um pacote de 100 milhões de dólares que deverá ser obtido até ao final do ano, informou o diário Notícias, de Maputo.

Denominado Iniciativa do Corredor de Crescimento Agrícola da Beira, o projecto tem como meta principal fazer com que a maioria dos pequenos produtores de cereais com um rendimento médio de apenas uma tonelada por hectare possa passar a produzir cerca de quatro a cinco toneladas por hectare.

Até ao momento, adiantou o jornal, foram identificados 14 projectos que abrangem cerca de duas mil pessoas, sobretudo pequenos agricultores que se dedicam à produção do arroz, feijão, soja, milho, mandioca, entre outras culturas.

Emerson Zhou, director da Iniciativa do Corredor de Crescimento Agrícola da Beira, programa lançado há um ano e meio, garantiu ao Notícias que os 100 milhões de dólares a serem mobilizados este ano serão aplicados na construção de infra-estruturas e outras actividades de financiamento aos pequenos agricultores das zonas abrangidas pelo programa.

Disse ainda que, além de privados, a iniciativa tem como principal parceiro o Estado, através do Ministério da Agricultura, cujo papel principal é apoiar a identificação das áreas, mobilização das comunidades para a sua participação e na criação de condições para o escoamento dos produtos, através da construção de infra-estruturas necessárias para o efeito.

O sector privado, por seu turno, irá envolver-se directamente na obtenção de financiamento, construção de algumas infra-estruturas para irrigação e na assistência técnica aos produtores.

Esta iniciativa conta com o apoio dos Países Baixos, do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrário (FIDA) e da Organização das Nações Unidas para a Agricultura (FAO). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH