Futuro aeroporto internacional de Nacala, em Moçambique, poderá receber aviões de longo curso

23 April 2012

O futuro aeroporto internacional de Nacala poderá receber aviões de longo curso tipo Airbus A340 caso o Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES), do Brasil, conceda um financiamento adicional, afirmou o presidente da estatal Aeroportos de Moçambique.

O BNDES está a financiar com com um empréstimo de 80 milhões de dólares as obras de transformação da antiga base aérea de Nacala em aeroporto civil internacional, empréstimo esse enquadrado numa linha de crédito de 300 milhões de dólares aberta pelo governo do Brasil para apoiar projectos em Moçambique.

O presidente da Aeroportos de Moçambique, Manuel Veterano, disse que o financiamento adicional, cujo montante não revelou, permitiria aumentar o comprimento da pista em mais 900 metros, permitindo que o futuro aeroporto recebesse aviões de longo curso.

As obras de reconversão da antiga base aérea de Nacala foram adjudicadas à empresa brasileira Odebrecht que, ao longo de 20 meses, irá construir terminais de passageiros e de carga e torre de controlo e proceder à repavimentação da pista de aterragem, que ficará com 3 400 metros de comprimento e capaz de receber aeronaves dos tipos Boeing 757 e 767. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH