Construção da estrada circular de Maputo, em Moçambique, criará 2500 postos de trabalho

1 May 2012

A construção da estrada circular de Maputo, pela empresa China Road and Bridge Corporation (CRBC), permitirá a criação local de 2500 postos de trabalho durante 30 meses, disse à macauhub em Maputo uma fonte oficial.

Narciso Faduco, director do gabinete de comunicação no conselho municipal de Maputo, disse à macauhub em Maputo que pouco mais de 200 técnicos chineses, entre engenheiros e mestres-de-obra também estarão envolvidos desde o início até ao fim da empreitada.

Por outro lado, o director de Infraestruturas do município de Maputo, Vidigal Rodrigues, disse à macauhub que a futura circular de Maputo irá ter portagens, não se sabendo actualmente quantas nem a sua localização.

A empreitada, com um previsão de duração de 30 meses, vai custar 315 milhões de dólares, sendo 300 milhões de dólares financiados por uma linha de crédito do EximBank da China e os restantes 15 milhões de dólares pelo Orçamento do Estado.

Os municípios de Maputo e Matola enfrentam um grande congestionamento de tráfego e a nova circular é vista como a solução do problema.

Na província de Maputo há apenas duas portagens rodoviárias, ambas na Estrada Nacional Número 4 que liga a capital moçambicana à África do Sul. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH