Subsidiária de grupo de Israel poderá vir a explorar fosfatos em Angola

1 May 2012

A empresa Vale Fértil, Lda, subsidiária angolana do grupo LR, de Israel, poderá vir a investir mil milhões de dólares num projecto de exploração e transformação de fosfatos na bacia de Lucunga, província do Zaire, disse um responsável da empresa à agência noticiosa angolana Angop.

Victor Amorim Guerra, que na empresa é responsável por este projecto, disse que os trabalhos de prospecção em curso apontam para a existência de reservas mínimas avaliadas em 180 milhões de toneladas naquela bacia, quantidade que é considerada economicamente viáveis para a execução do projecto.

Aquele responsável disse que o valor do investimento mencionado será repartido em 60 milhões de dólares para a exploração dos fosfatos e 940 milhões de dólares na construção das fábricas de transformação do minério em amoníaco e na construção de um porto de mar específico para o transporte de inertes.

Apontou como benefícios que podem ser obtidos com a exploração de fosfatos e que podem dinamizar as intenções de investimento nacionais e estrangeiros na região, o fabrico de pasta de dentes, de detergentes, bebidas não-alcoólicas, suplementos vitamínicos e rações de animais.

A Vale Fértil estabeleceu-se em 1991 em Angola, onde mantém avultados investimentos nos sectores do imobiliário, construção civil, telecomunicações e recursos naturais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH