Participação de empresa indiana em bloco petrolífero em Moçambique aumentou de valor 20 vezes

2 May 2012

O valor da participação de 10% da empresa indiana Bharat Petroleum Corp num bloco de prospecção de hidrocarbonetos em Moçambique aumentou 20,7 vezes desde que a irlandesa Cove Energy colocou à venda a sua participação de 8,5%, de acordo com a agência indiana DNA.

A DNA (Daily News and Analysis) adiantou que a participação de 10%, em que a Bharat Petroleum investiu até à data 4 830 milhões de rupias (68,5 milhões de dólares), tem actualmente um valor que se aproxima de 100 mil milhões de rupias (1 417 milhões de dólares).

A agência citou os analistas Gagan Dixit e Sapan Shah, da empresa de corretagem Quant, que, em relatório recente basearam a sua afirmação no facto de a Royal Dutch Shell ter oferecido 1,8 mil milhões de dólares pela participação de 8,5% da Cove Energy.

O bloco, situado na bacia do Rovuma, tem reservas de gás natural estimadas entre 17 biliões e 30 biliões de pés cúbicos, suficiente para abastecer duas unidades de processamento com uma capacidade de 5 milhões de toneladas por ano.

A empresa Anadarko Mozambique, subsidiária do grupo norte-americano Anadarko Petroleum, tem uma participação de 36,5% e funciona como operador, sendo os restantes concessionários a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (15%), a Mitsui E&P Mozambique Area 1, Limited do Japão (20%), a Videocon e Barat Petroleum, ambas da Índia com 10% cada e a irlandesa Cove Energy com 8,5%. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH