Países e instituições reunidas no Grupo dos 19 vão continuar a apoiar Moçambique em 2013

8 May 2012

Os 19 países e instituições que suportam cerca de metade do Orçamento do Estado de Moçambique garantiram o apoio às actividades governamentais em 2013, afirmou segunda-feira em Maputo o coordenador cessante dos Parceiros de Apoio Programático, o embaixador do Canadá, Alain Latulippe.

O embaixador do Canadá disse existir “uma base satisfatória para se continuar o apoio orçamental em 2013” e assegurou que, entre finais de Maio e início de Junho, os parceiros da cooperação vão desembolsar a verba necessária para os projectos sectoriais para o próximo ano.

No entanto, o embaixador, que falava em nome do chamado Grupo dos 19, disse que os parceiros pretendem que as autoridades moçambicanas “acelerem o combate à corrupção através da execução das estratégias em vigor, bem como do contínuo melhoramento do quadro legal”.

Durante o encontro entre o G-19 e o governo de Moçambique os doadores afirmaram querer igualmente maior transparência na gestão das finanças públicas e mais envolvimento do país na agenda da Iniciativa da Transparência da Indústria Extractiva, incluindo publicação de contratos, uso das receitas e questões ambientais.

A qualidade de ensino, sobretudo primário, e a pertinência de se acelerar na execução do Plano Estratégico do Sector de Educação, nomeadamente a melhoria da qualidade de ensino, são também algumas das exigências impostas pelo G-19. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH