Governo de Moçambique autorizou compra da Cove Energy pelo grupo Royal Dutch Shell

9 May 2012

O Ministério dos Recursos Naturais de Moçambique autorizou a aquisição indirecta da Cove Mozambique e dos activos por si detidos pela Shell Bidco, subsidiária controlada a 100% pelo grupo Royal Dutch Shell, informou o grupo em comunicado divulgado quarta-feira em Haia.

No passado dia 2, a Shell Bidco publicou um documento com as condições oferecidas para a aquisição da totalidade do capital social emitido e a emitir da empresa irlandesa Cove Energy que, através da Cove Mozambique, controla uma participação de 8,5% num bloco de prospecção petrolífera na bacia do Rovuma, onde foram já descobertas reservas imensas de gás natural.

No comunicado, o grupo Shell adianta que a aquisição da Cove Energy introduzirá no negócio tecnologias inovadoras, uma experiência sem paralelo em operações relacionadas com a exploração de gás natural e estratégias de comercialização já consagradas que darão um valor significativo tanto a Moçambique como aos restantes parceiros.

O bloco em que a Cove Energy tem uma participação está situado na bacia do Rovuma e tem reservas de gás natural estimadas em 30 biliões de pés cúbicos, suficiente para abastecer duas unidades de processamento com uma capacidade de 5 milhões de toneladas por ano.

A empresa Anadarko Mozambique, subsidiária do grupo norte-americano Anadarko Petroleum, tem uma participação de 36,5% e funciona como operador, sendo os restantes concessionários a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (15%), a Mitsui E&P Mozambique Area 1, Limited do Japão (20%), a Videocon e Barat Petroleum, ambas da Índia com 10% cada e a irlandesa Cove Energy com 8,5%. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH