EUA vão contribuir com 60 milhões de dólares para desenvolver infra-estruturas de saúde em Moçambique

14 May 2012

A Agência norte-americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID) vai desembolsar 60 milhões de dólares no quinquénio 2012/16 para financiar o programa de desenvolvimento de infra-estruturas de saúde em Moçambique, informou a agência noticiosa moçambicana AIM.

Ao abrigo do programa, lançado segunda-feira em Maputo, será alargada a actual rede sanitária estimada em mil centros para cerca de 1 400 unidades sanitárias, através da construção de novos centros de saúde rurais dotados de maior número de serviços como consultas externas e vacinação.

Os novos centros, acrescidos àqueles que serão recuperados agora integrados na rede sanitária, permitirão o acesso aos cuidados de saúde para 500 mil pessoas e reduzir o número de partos ocorridos foras das unidades hospitalares.

Os centros permitirão ainda reduzir as distâncias que os doentes percorrem até chegar a um hospital que, segundo a Organização Mundial da Saúde deveria ser um máximo de cinco quilómetros, mas há ainda regiões onde as pessoas percorrem cerca de 40 quilómetros.

A outra componente integrada no programa de desenvolvimento de infra-estruturas é a construção de armazéns regionais de medicamentos e a terceira componente do programa consiste na construção de um centro de formação em ciências de saúde, na província de Maputo, que visa apoiar a formação de 400 estudantes de saúde de nível médio e oferecer acomodação para 200 formandos e um número limitado de funcionários. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH