Governo de Moçambique avalia construção de caminho-de-ferro em Cabo Delgado

21 May 2012

O governo de Moçambique está a avaliar a possível construção de uma linha de caminho-de-ferro para proceder ao escoamento das reservas de níquel recentemente descobertas na província de Cabo Delgado, em Moçambique, afirmou o director provincial dos Recursos Minerais.

Em declarações ao matutino Notícias, de Maputo, Ramiro Nguiraze disse que além do níquel descoberto há indicações da ocorrência em Montepuez de reservas consideráveis de mármore.

Reconhecendo que a estrada para Montepuez não vai suportar o escoamento dos minérios de níquel e mármore, o director provincial disse ter conhecimento de estudos que estão a ser efectuados pelo governo central visando a construção da linha de caminho-de-ferro para viabilizar os projectos naquela região do país.

Para além das linhas de escoamento, a descoberta das reservas de níquel impõe também um outro desafio ao governo, no que se refere ao fornecimento de energia eléctrica, uma vez que será necessário uma linha de transporte de alta tensão de 110kVA, incluindo uma subestação.

Ramiro Nguiraze disse ainda ao jornal que a empresa, subsidiária do grupo não-cotado Rockover Resources, informou que o início dos trabalhos de desenvolvimento da mina deverá ocorrer em 2014.

Sem avançar números, o director provincial adiantou que a Rovuma Resources está actualmente a efectuar prospecções no sentido de encontrar mais reservas de níquel, metal com várias aplicações, caso da produção de ligas metálicas utilizadas nomeadamente nas indústrias automóvel e aeronáutica. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH