Governo de Moçambique criou empresa para gerir parques de ciência e de tecnologia

23 May 2012

A Empresa Nacional do Parque de Ciência e Tecnologia (ENPCT) terá a sua sede em Maluana, na província de Maputo, disse terça-feira em Maputo o porta-voz do Conselho de Ministros ao anunciar a criação da empresa estatal que irá gerir os parques de ciência e de tecnologia.

Os Parques de Ciência e Tecnologia, prosseguiu o porta-voz e vice-ministro da Justiça, Alberto Nkutumula, constituem complexos integrados que visam o desenvolvimento da investigação científica, promoção de inovação, geração do conhecimento e desenvolvimento do capital humano.

O governo pretende que os parques venham a ser incubadoras de tecnologia e de negócios, alinhando as actividades das instituições de ensino superior, investigação científica e de inovação, que vão determinar a criação e acomodação de empresas de base tecnológica, bem como de produtos e serviços que possam ser usados não só em Moçambique mas também no estrangeiro.

“O Parque de Ciência e Tecnologia é um modelo de concentração, ligação, organização, execução e promoção de empreendimentos inovadores, dentro de uma perspectiva de globalização e desenvolvimento sustentável, com vista a torná-los viáveis económica e socialmente e em condições para enfrentar um mercado altamente competitivo”, disse Nkutumula.

Esta nova empresa deverá gerir todos os parques a serem criados em Moçambique, sendo que, nesta fase, estão projectados quatro empreendimentos de género, distribuídos pelas três regiões moçambicanas, sul, centro e norte do país.

Actualmente, apenas o de Maluana está numa fase avançada de construção, prevendo-se que seja inaugurado ainda este ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH