Economia de Angola deverá crescer 8,2% este ano

28 May 2012

A economia de Angola deverá crescer 8,2% este ano, ajudada pela retoma das operações petrolíferas, de acordo com o relatório Perspectivas Económicas em África 2012, que projecta uma queda da inflação de 13,5% para 10%.

O relatório, produzido em conjunto pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE), pela Comissão Económica da ONU para a África (UNECA) e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), foi divulgado segunda-feira no início da assembleia anual do BAD em Arusha, Tanzânia.

“Em 2011, o forte crescimento do sector não-petrolífero foi contrabalançado por uma descida nas receitas do petróleo, como resultado da baixa produção e das exportações. Mas espera-se que o Produto Interno Bruto (PIB) real cresça substancialmente, quando os campos petrolíferos estão a retomar a actividade e novos projectos começam a produzir”, refere o relatório.

De acordo com o documento, a inflação deverá cair de 13,5% para 10% em 2012 e para apenas um dígito em 2013.

A maior parte do desemprego, que o relatório estima em 26% da população, afecta a mão-de-obra não-qualificada mas surge agora um número crescente de jovens desempregados com formação que não correspondem às necessidades do país, refere o relatório. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH