Consórcio português repara estrada que liga porto da Beira, em Moçambique, ao Zimbabué

7 June 2012

As obras de reparação dos pontos mais críticos do tapete de asfalto da Estrada Nacional 6, que liga o porto da Beira à vila fronteiriça de Machipanda com o vizinho Zimbabué, estão já em curso, informou o delegado da Administração Nacional de Estradas (ANE) em Sofala.

Numa empreitada orçada em 4,8 milhões de dólares adjudicada ao consórcio português MCA (M. Couto Alves) constituído pelas empresas MCA Moçambique, M. Couto Alves Vias e Inglob Construções, as obras estão centradas, de acordo com Belmiro Rodolfo, no troço Beira-Inchope, um percurso de aproximadamente 135 quilómetros.

Belmiro Rodolfo disse ainda que o contrato da empreitada pretende, fundamentalmente, resolver os problemas da plataforma, incluindo guardas de algumas pontes, como a sobre o rio Pungué, e pontões ao longo da via, que reclamam substituição devido a actos de vandalismo e destruição, sobretudo por acidentes.

O delegado da Administração Nacional de Estradas (ANE) em Sofala adiantou que o impacto imediato destes trabalhos foi a redução substancial dos violentos acidentes de viação que se registam neste trajecto, cujo tráfego diário se situa em três mil viaturas de e para os países do interior do continente, como Zimbabué, Zâmbia, Malawi, Botswana e RDCongo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH