Norte-americana GE Oil & Gas vai garantir funcionamento da Angola LNG

7 June 2012

A Angola LNG e a GE Oil & Gas assinaram um contrato de longa duração ao abrigo do qual a empresa norte-americana irá garantir um máximo de eficiência da unidade de processamento de gás natural localizada no Soyo, província do Zaire, anunciou a GE Oil & Gas em Kuala Lumpur.

Em comunicado divulgado na Conferência Mundial do Gás 2012, a decorrer de 4 a 8 de Junho, a GE Oil & Gas informou ainda que ao abrigo do contrato assinado terá de garantir o funcionamento praticamente permanente do equipamento-chave de compressão do gás natural.

A Angola LNG é um consórcio envolvendo algumas das maiores empresas mundiais do sector do gás, nomeadamente a estatal angolana Sonangol, com uma participação de 22,8%, empresas afiliadas do grupo norte-americano Chevron (36,4%), Total (13,6%), BP (13,6%) e ENI (13,6%).

A unidade de processamento do Soyo, a 315 quilómetros a norte da capital angolana Luanda, procederá à exportação das primeiras encomendas de gás natural liquefeito ainda no decurso do primeiro semestre do ano, dispondo de uma capacidade instalada para processar 5,2 milhões de toneladas de gás por ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH