Vale Moçambique inicia estudos para explorar fosfatos no Monapo

11 June 2012

A empresa Vale Moçambique iniciou estudos destinados a estudar o modo como irá proceder à pesquisa e exploração de fosfato na mina de Evate, no distrito do Monapo, província de Nampula, escreve hoje o jornal Notícias do Maputo.

Fila Lázaro, porta-voz da Direcção Provincial dos Recursos Minerais e Energia (DIPREME), disse que só após o estudo de engenharia será possível à Vale Moçambique determinar se a exploração será no subsolo ou a céu aberto.

A empresa já investiu 20 milhões de dólares em sondagens, ensaios laboratoriais, estudos de pré-viabilidade, licenciamento ambiental e consultas públicas.

Com uma capacidade instalada para a produção de 42 milhões de toneladas de fosfato, a mina de Evate, que se localiza a 130 quilómetros de Nampula, foi concessionada à Vale Moçambique, por 28 anos.

O projecto deverá criar 800 postos de trabalho permanente tornando-se no segundo maior na área mineira, depois das Areias Pesadas de Moma.

Ainda com o recurso ao fosfato de Evate, a Vale Moçambique pretende construir um complexo industrial para a produção de fertilizantes, no distrito costeiro de Nacala-a-Velha.

Segundo o jornal Notícias o empreendimento está orçado em três mil milhões de dólares e ficará localizado na zona de Nanare, numa área de 700 hectares.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH