Quatro empresas poderão iniciar exploração de carvão em Moçambique dentro de três anos

14 June 2012

Quatro empresas estão em condições de num horizonte temporal de três anos iniciar a exploração de carvão na província de Tete, disse quinta-feira em Maputo à macauhub o director nacional de minas, Manuel Sithole.

Exploram carvão presentemente na província de Tete as empresas Vale, Rio Tinto e a Minas de Moatize.

Aquele responsável do Ministério dos Recursos Minerais disse que as empresas em condições de, naquele espaço de tempo, iniciar a exploração de carvão são a Ncondezi Coal, Minas do Revobué, Jindal Steel & Power e o grupo Eurasian Natural Resources Corp (ENRC).

Em relação à Jindal, de capitais indianos, Sithole disse à macauhub que a empresa está já no terreno a montar equipamento, nomeadamente a unidade de processamento do carvão extraído.

A Jindal Steel & Power fará a exploração de carvão no distrito de Changara enquanto que as empresas Ncondezi Coal e a Minas do Revobué farão a exploração daquele mineral no distrito de Moatize.

Por seu turno, a ENRC fará a exploração de carvão no distrito de Cahora Bassa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH