Australiana Triton Gold pretende prospectar grafite em Moçambique

20 June 2012

A australiana Triton Gold assinou um contrato com a Grafex Limitada estipulando as condições de aquisição de cinco pedidos de prospecção mineira de grafite na província de Cabo Delgado, em Moçambique, informou a empresa em comunicado divulgado quarta-feira.

Nos termos do contrato, a Triton Gold terá de despender 1,5 milhões de dólares australianos, nomeadamente em pagamentos à Grafex, que detém os cinco pedidos de prospecção mineira.

A Triton Gold procederá ainda à entrega à Grafex Limitada de 15 milhões de acções próprias e de 10 milhões de opções não-cotadas que podem ser exercidas num prazo de três anos a 0,05 dólares australianos.

A empresa australiana irá ainda proceder à colocação de 5 milhões de acções a 0,10 dólares australianos cada a fim de obter um encaixe de 500 mil dólares australianos, fundos que serão aplicados em actividades de prospecção a fim de melhor compreender o potencial do terreno incluído nos cinco pedidos.

A província de Cabo Delgado tem estado nos noticiários mineiros devido às actividades e aos resultados positivos obtidos pela Syrah Resources no projecto Balama, onde foi encontrada grafite de elevada qualidade, nomeadamente com uma concentração de 94% de carbono.

Outros depósitos de grafite conhecidos na região incluem a história mina de Ancuabe, a área de Balama Montepuez e algumas zonas a sul de Ancuabe mas a norte do rio Lúrio.

Os preços mundiais da grafite têm estado a aumentar, tendo passado de 600 dólares a tonelada em 2004 para 3 mil dólares a tonelada em 2011, sendo que a procura excede a oferta. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH