Grupo português inaugurou três fábricas em Angola

26 June 2012

Três unidades industriais especializadas na produção de postes em betão, gases medicinais, alimentares e industriais e de aço laminado a frio foram inauguradas terça-feira pelo ministro da Geologia e Minas e da Indústria, Joaquim David, informou a agência noticiosa angolana Angop.

As três fábricas são um investimento de 38 milhões de dólares da empresa Acail Angola, subsidiária do grupo português Acail, e visam manter uma oferta competitiva, constante e estável em quantidade e variedade no mercado angolano.

Uma das unidades vai produzir postes em betão para os apoios de cabos eléctricos de transporte de energia em baixa, média e de alta tensão, incluindo postos de transformação aéreos, alinhamento e amarração de linhas eléctricas.

Preparada para produzir postes até 16 mil postes/ano, a administração da fábrica prevê vir a produzir tubos em betão de grandes dimensões para saneamento e transporte de água, prevendo-se uma capacidade produtiva de 12 mil tubos/ano.

No Pólo Industrial de Viana, a Acail Angola vai produzir aço laminado a frio, malha-sol em rolo e painel bem como armaduras para estacas de fundações, devendo, a prazo, vir a dispor de uma linha de produção para corte em alta definição de chapas de aço.

Finalmente, a terceira unidade vai produzir gases medicinais, alimentares e industriais, nomeadamente oxigénio líquido medicinal, até uma capacidade instalada de 25 mil litros por dia.

O grupo Acail iniciou a sua actividade em Angola em Março de 2006, com a comercialização de produtos siderúrgicos, cimento e gás industrial, medicinal e alimentar. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH