Fábrica de medicamentos anti-retrovirais vai ser inaugurada sábado em Moçambique

15 July 2012

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), inaugura sábado próximo em Maputo, Moçambique, uma fábrica para a produção de medicamentos anti-retrovirais, informou a fundação em comunicado divulgado sexta-feira.

Com um custo de 200 milhões de reais, metade dos quais suportados pelo governo do Brasil e os restantes 50% garantidos por doações de empresas privadas, caso do grupo mineiro Vale, a nova fábrica levou quatro anos a ser pensada, planeada e construída.

A Fiocruz informou ainda que numa fase inicial os medicamentos a serem produzidos serão consumidos em Moçambique, um dos países com mais elevada incidência da HIV/Sida, para numa fase posterior começar a produzir em quantidades suficientes para abastecer o continente africano a sul do Saara.

A inauguração da fábrica contará com a presença do vice-presidente do Brasil Michel Temer. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH