Angola prepara saída de lista da UNCTAD dos países menos desenvolvidos

18 July 2012

O governo de Angola está a ultimar um relatório com as medidas a serem adoptadas no sentido de retirar o país da lista dos menos desenvolvidos, informou a secretária de Estado para a Cooperação, Exalgina Gamboa, de acordo com a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

Em comunicado divulgado quarta-feira, a UNCTAD adianta que, em concertação com outras agências da Organização das Nações Unidas, será dado todo o apoio no sentido de rever e melhorar as medidas que conduzirão à retirada de Angola da lista dos países menos desenvolvidos.

Exalgina Gamboa deverá apresentar o relatório do governo de Angola na próxima sessão regular do departamento de Comércio e Desenvolvimento da UNCTAD, a ter lugar em Genebra de 17 a 28 de Setembro.

Na sua 14ª sessão em Março passado a Comissão das Nações Unidas para a Política de Desenvolvimento conclui que Angola dispõe de pré-condições para ser retirado da lista dos países menos desenvolvidos atendendo a que já dispõe de um rendimento nacional bruto “per capita” que é o dobro do mínimo exigido.

A categoria dos países menos desenvolvidos foi apresentada pela UNCTAD nos finais da década de 60 do século passado a fim de chamar a atenção internacional e criar mecanismos no sentido de inverter a deterioração das condições nos países mais vulneráveis da comunidade internacional.

Quarenta e oito países encontram-se actualmente na lista dos menos desenvolvidos – 33 em África, 14 na Ásia e Pacífico e 1 nas Caraíbas – tendo até à data apenas três países – Botswana em 1994, Cabo Verde em 2007 e Maldivas em 2011 – saído dessa lista. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH