China lidera investidores estrangeiros em Angola no 1º semestre

29 July 2012

A China lidera a lista de países com contratos de investimento privado assinados no 1º semestre em Angola, principalmente em sectores como a indústria, telecomunicações e construção, disse sexta-feira, em Luanda, a presidente da Agência Nacional de Investimento Privado (ANIP).

Maria Luísa Abrantes, que falava por ocasião da assinatura de cinco contratos, revelou que a China deixou de ser um “grande” prestador de serviços e exportador de equipamentos, para passar a investidor em sectores prioritários da economia de Angola.

“Hoje, temos empresários chineses que trazem conhecimento e que pretendem desenvolver o sector industrial com tecnologias modernas”, afirmou ainda Luísa Abrantes citada pelo Jornal de Angola.

A presidente da ANIP disse que o investimento global no primeiro semestre atingiu 100 mil milhões de kwanzas (1 045 milhões de dólares) e criou cinco mil novos postos de trabalhos e lembrou que em 2010 o investimento estrangeiro cifrou-se em 240 mil milhões de kwanzas (2 510 milhões de dólares).

Depois da China surgem como os maiores investidores em Angola a Alemanha, a Espanha e Portugal.

A presidente da ANIP assinalou igualmente que Luanda continua a absorver uma boa parte do investimento privado, mas referiu que já a algum investimento em províncias como o Cuanza Sul e Cuanza Norte, Huambo, Huíla, Zaire e Cabinda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH